terça-feira, 15 de setembro de 2015

MUSA: Kathleen Beller


Digna de entrar entre nesse post, uma atriz que merece ser lembrada, além de um grande talento.


Esse post é exclusivo do blog e o primeiro post sobre a atriz em português na internet. 

 

KATHLEEN BELLER

 

 


Kathleen Beller, nascida em 19 de fevereiro de 1956, em Westchester, Nova York, é uma atriz americana. Ela chamou a atenção depois de ser nomeada para um Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante por seu papel em "Promises in the Dark" (1979) e tornou-se conhecida por sua personagem Kirby Anders na novela americana "Dinastia" no horário nobre.
Ela também teve um pequeno papel em "O Poderoso Chefão Parte II" e um papel de destaque em "The Betsy" (Os desalmados) de 1978, e mais inúmeros outros filmes especiais para tv e séries.






Beller começou sua carreira aparecendo em vários comerciais. Ela estreou na televisão em 1971, assumindo o papel de Liza Walton Sentell na novela diurna, "Search for Tomorrow". Ela apareceu no programa até 1974, quando saiu para se mudar de Nova York para Los Angeles. 









Ela logo voltou ao trabalho na televisão, aparecendo em filmes de TV, tais como Mary White (1977)










e Você está sozinha? (1978)









Na sequência de um papel de apoio em 1978 na comédia musical "Movie Movie", ela fez o papel de uma vítima de câncer no drama "Promises in the Dark" (1979), que lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro. Ela passou três meses pesquisando o papel, e, embora ela o recorde como um de seus papéis favoritos, o filme foi um fracasso comercial. 




Independentemente disso, em 1981, ela co-estrelou com Mariette Hartley no thriller psicológico "No Place to Hide", como seu primeiro papel adulto. Sua personagem foi inicialmente uma adolescente, mas Beller insistia em focar alguém mais maduro. Desta forma convenceu-se de que não iria ser lançado, mas o diretor do filme permitiu que seu personagem fosse uma mulher em seus vinte e poucos anos. 




No Place to Hide:







Em uma entrevista para promover o filme, Beller admitiu que, embora ela tinha 25 anos na época, ela ainda tinha dificuldade em convencer as pessoas de que ela era mais velha do que dezesseis anos. 
No ano seguinte, ela interpretou a líder feminina no filme de fantasia, "A Espada e os Bárbaros" (The Sword and the sorcerer,1982). 




O filme foi um sucesso comercial, arrecadando um orçamento de US $ 4 milhões, embora Beller tenha comentado mais tarde que ela estaria insatisfeita com o filme.





Beller talvez seja mais lembrada por seu papel  como Kirby Anders Colby no drama de televisão, "Dynasty" de 1982 a 1984. Durante a sua estada no show, ela foi "inundada de atenção dos fãs" até de repente cortar o seu enorme cabelo bem curto.  








Beller culpou os novos escritores da série que foram contratados em 1984 por sua saída da trama. 
Ela explicou que eles "perderam o interesse em seu personagem e que, quando seu contrato terminou, eles decidiram não renová-lo". Beller mesma disse que voltaria se a quisessem. 






Ela atuou novamente como Kirby Anders no filme "Dynasty: The Reunion" em 1991.
Kathleen, John James e Pamela Sue Martin de "Dynasty":














Depois de sua saída do show televisivo, ela estrelou novamente em um thriller feito para a TV, "Mensagens Mortais" (Deadly Messages 1985), que, segundo a própria atriz, diferiam de seus thrillers anteriores, que agora a levava a sério num papel maduro.




Deadly Messages:









Beller também interpretou Mary Callahan Caitlin na série de drama escolar "The Bronx Zoo".
Em meados dos anos 1980, anunciou que queria se tornar mãe e esposa. 
Foi casada com o ator Michael Hoit de 1980 a 1986.

Elenco de Dynasty: 









Atualmente está casada com o músico Thomas Dolby, desde 2 de julho de 1988; eles têm três filhos, sendo um deles transgênero; Harper Robertson, que se casou esse ano.
Harper nasceu mulher mas se tornou transgênero.
Abaixo Kathleen no casamento de Harper:




Junto a seu primeiro marido Michael Hoit:





O segundo marido Thomas Dolby:




Atualmente:




Kathleen , é uma das mais talentosas atrizes de sua época, e o fato de ter desistido da carreira para se dedicar a família só trás mais admiração por sua atitude.








Dynasty:





Uma beleza exótica e delicada, e versátil para muitos papéis, Kathleen além de ter envelhecido muito bem, sem dúvida é muito saudosa no cinema e na tv, sendo seus filmes memoráveis.





Durante as gravações de Dynasty:






Momentos de sua personagem Kirby em "Dynasty":





Na capa de Tv Guide junto a John James:




Com Pamela Sue Martin:




Participação na série "Hawaí Five O":




Sua primeira filha:





Kathleen e Thomas Dolby na época em que se casaram:






Com Gordon Thomson e Pamela Sue Martin atualmente: 





Imagem recente do mesmo evento:






Contracenando ao lado de Gordon Thomson em Dynasty:









  VIDA LONGA A KATHLEEN



  



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.